Rituais e lamentos

Pariu o tempo um gomo e luz que se propaga na
Gestante manhã tão lúcida tão carente, debruando o
Universo numa vibrante dádiva excepcional afagando
Esta paisagem afrodisíaca e tridimensional

Os elos de ligação aos meus silêncios tão
Corriqueiros e ocasionais estenderam-se pelas
Miragens dos sonhos mais ficcionais espelhando
Todo a ritualista existência onde nos oferecemos concepcionais

Deflora o tempo a manhã regurgitada em perfumes
Excêntricos e passionais, emanados de um meteorito prazer
Planando pelas tuas órbitas incandescentes e transnacionais

E carburando acelerado flui todo o lamento contrito e açoitado
Alimentando aquelas paixões etéreas cintilando nos bastidores dos silêncios
Colossais onde por fim já domados, nos entregamos implícitos…substanciais

FC

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s