Generosa parestesia

Desfrute o momento em toda a extensão infinita do prazer
Transforme as vestes da noite num prazeroso
E lúdico pensamento aconchegado por beijos quase
Possessos, tão generosos…sempre prorrogados

Recapitule a momentânea sonoridade dos
Cânticos apaixonantes
Interpele o tempo que vagueia solitário
De galho em galho respirando em cada
Pestanejar do amor do qual me fiz fiel proprietário

Humanize cada sonho penetrando na paisagem
Onde se distende a alma clamando em gritos
Exaustos pintalgando o túmulo dos silêncios indefesos
Pressagiando um universal delírio irrigando esta magistral
Solidão que recordo num panfleto de afectos primordiais

Carpe diem…segue a vida alimentada com todas as credênciais
Do amor em combustão sorvendo do tempo cada hora ensalivada
Com alegria…cada pensamento meu perdido na amplidão da
Existência derradeira levando um transatlântico desejo numa
Parestesia de paixões tão desordeira

FC

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s