Essência da delicadeza

Levantou-se o silêncio delicado penetrando num
Olhar salpicado de ternura…plantando no tempo a
Essência do amor envolto em corações corporificando
Toda a delicadeza comungando pacificada

À deriva deixei as noites a navegar ininterruptamente
Temperando o vento que soa em rajadas tonificadas
De beijos assim deliberadamente mal a mordaça do silêncio
Esvoace exonerando-se num anseio efusivo…solenemente

Brasam estes versos latindo solitários incontidos
Espalmando cada palavra inconfessável…assentindo o
Frágil e magnânimo lamento que ali fenece redimido

No restolho dos dias imemoriais cremo a solidão
Envergonhada que desponta convergindo num sorriso
Imperial galopando na assépsia deste silêncio quase irreal

FC

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s