A caminho das estrelas

Caminhos inatingíveis revelando outras luminosidades
Quase invisíveis habitando toda a escuridão sideral
Até que o céu irradie um banho de luz a anos-luz
Rasgando os abismos celestiais infinitos e esculturais

Entre as estrelas eterniza-se o crepuscular
Silêncio que osculto no horizonte palacial
Navegando estre as transparências magistrais
Dos corpos celestes gravitando sequenciais

De longe em longe desdobra-se o tempo cósmico
Em seus vácuos intergalácticos amanhecendo
Em órbitas que desafiam todas as apaixonantes
Gravidades estratosféricas e deslumbrantes

Revisito a noite que se abre num imperial
Momento astronáutico onde me deleito
Embebedando-me em cada luzeiro galáctico
Percorrendo a Via láctea radiosa e lunática

FC

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s