Testemunhos do tempo

Voar, além do horizonte perfumando
O ninho das ilusões perfeitas
Deixando o poleiro do tempo escancarado
Ao instinto migratório esvoaçando pelas
Vestes deste silêncio camuflado e conciliatório

Na penumbra dos meus sonhos iludo cada hora
Escalpelizada no tempo
Revisto-me daquele bailado felino onde te recreias
Hipnotizada, renovando cada minuto desgastado
Onde felizes nos catapultamos galvanizados

Deixo nas paredes das emoções e façanhas
Um grafite desenhado na tez das tuas sombras
Gentis e tamanhas, desbravando todo o território
Do amor que resguardo no testemunho do tempo
Fugidio devorador dissuadido

Este o destino que vagueia em contramão
Capitulando na abissal ilusão revivida em
Cada protagonizado momento de solidão
Interminável e estéril existência a prostectar
Cada molécula de amor hígido a desfrutar

FC

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s