Instinto de menina

menina

O instinto na fé, o póstumo e leve olhar

A vontade na memória a recordação sei

que pressinto o teu sorriso vai ladrilhar

 

A menina seu sorriso com destreza a gargalhada

afoita revela sua imensa pureza

Curioso esse despertar…a criação dos instintos

toda a beleza se divertindo na inocência com leveza

bitolada numa única e espontânea gentileza

 

A menina e seus instintos correndo alimentando

outros destinos

A sombra é passageira aplacando o silêncio que pernoita

ali ao teu colo tão nobre amadurecendo feliz e faceira

 

Flutua assim incólume e ligeira a leve brisa

decantando os murmúrios e sílabas desse

astuto olhar

Vasta e leda ilusão quebrando o surdo eco

num sorriso ou num gemido a crepitar qual

áspera solidão o dia vai ternamente agasalhar

FC

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s